A FORTVENT

Área do cliente

Produtos

Exaustores Especiais

Exaustores Eólicos

PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

A Energia Eólica é a energia gerada pela ação dos ventos e o Exaustor Eólico Fort Vent, inteligentemente, aproveita este recurso da natureza, abundante e gratuíto, para promover a renovação do ar em recintos fechados.

Utiliza para o seu funcionamento o deslocamento das massas de ar atmosférico (vento) e o efeito da convecção da massa de ar interna. Trabalha a partir de correntes de ar, que incidem sobre o globo, fazendo com que ele movimente seu sistema de rolamento e promova a sucção da massa de ar quente gerada no ambiente interno. Proporciona uma exaustão ininterrupta de calor, gases, fumaça, odores e pó. A temperatura interna fica igual à externa à sombra

A temperatura do corpo humano é regulada por três processos: radiação, convecção e evaporação. A dispersão de calor pelos dois últimos processos é influenciada diretamente pelo movimento do ar, portanto devemos movimentar o ar suficientemente para diminuir o calor corpóreo.


PRINCIPAIS BENEFÍCIOS

  • • Conforto térmico e o consequente aumento da produtividade.
  • • Reposição dos níveis de oxigênio
  • • Eliminação do mofo e umidade
  • • Anulação das condensações
  • • Conservação predial
  • • Aumento da vida útil dos equipamentos
  • • Melhor preservação de matéria prima e produtos perecíveis.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Exaustor de ar sem motor com globo giratório em alumínio e eixos em aço trefilado. Rolamentos (2) de 1ª linha protegidos internamente. Duto, base para instalação e rufos em chapa galvanizada.


ESPECIFICAÇÕES
MODELOS
 
20”
24”
30”
Diâmetro mm
508
609
762
Diâmetro eixo mm
12
12
12
Nº de Aletas
39
45
55
Peso (Kg)
10
12
16
Vazão (m³/h)
3.500
4.000
6.000
Nota: A exaustão natural depende de uma série de fatores tais como: diferenças de temperatura, altura do exaustor, tomadas de ar, etc. Os valores das vazões acima poderão variar.


SERVIÇOS

Os serviços de manutenção em exaustores eólicos, que a Fort Vent oferece, tem que levar em consideração as diversas e diferentes medias e materiais que o mercado de eólico fabrica.


CONSULTE-NOS!

Fone: 11-3687.5919
E-mail: fortvent@afortvent.com.br


TESE DE DOUTORADO

Utilização de exaustores eólicos no controle da temperatura e da ventilação em ambiente protegido

Esse trabalho foi realizado em ambiente protegido na área experimental do Departamento de Engenharia Rural da escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, da Universidade de São Paulo em Piracicaba, SP.

No ambiente protegido com dimensões de 6,4m de largura por 17,5m de comprimento, foram instalados três exaustores eólicos na cobertura.

A avaliação da distribuição espacial da temperatura do ar (em graus centígrados) no interior do ambiente protegido foi realizada através da medição com termopares (cobre-constantã) em 78 pontos de amostragem, e os valores de temperatura coletados foram armazenados em um sistema de aquisição de dados.

A utilização de exaustores eólicos no ambiente protegido, mostrou-se eficaz no controle das temperaturas do ar, no período diurno, melhorando a sua distribuição tanto no perfil vertical como no horizontal, deixando-a uniforme e homogênea. Melhora o controle da ventilação otimizando o “efeito termo sifão” ou processo convectivo, independente da direção e velocidade dos ventos.

A análise da distribuição da temperatura do ar por meio de isotermas permitiu uma visão global instantânea dos efeitos do uso de exaustores éolicos retirando a massa de ar quente instalada próxima à cobertura do ambiente protegido.

Autor: René Porfirio Camponez do Brasil
Site: www.teses.usp.br


Aplicação


AMBIENTES
Nº DE TROCAS
DE AR/HORA
Armazém – Depósito - Salas de Aula
6 – 12
Fábrica de papel
20 – 40
Fundição, Salas de Fornos
20 – 60
Auditórios, Igrejas, Lojas
8 - 15
Sala de Caldeira / Compressores
20 - 30
Fábrica
10 – 20
Danceterias - Lavanderias
15 – 30
Oficinas Mecânicas
10 – 15
Banheiros / Vestiário
10 – 20
Gráficas
8 – 20
Restaurantes - Garagens
10 – 20
Silos
20 - 30
Nota: Os valores acima podem variar de acordo com cada   ambiente, grau de poluição, nº de pessoal, etc.

Os exaustores eólicos podem ser considerados, atualmente, acessório importante nos projetos e construções de telhados principalmente de galpões e fábricas, onde a concentração de calor e poluentes é sempre mais acentuada, e onde as exigências técnicas para produção, estão cada vez mais rigorosas. Veja quadro abaixo:


A NR 9(Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho) estabelece a obrigatoriedade de implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados, do (PPRA) Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, visando a preservação da saúde e da integridade dos mesmos, tendo em consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais. Os riscos ambientais considerados pela NR-9 dentre outros são: ruídos, altas e baixas temperaturas, umidade, poeiras, fumaça, gases, vapores, vírus, bactérias, fungos. A fiscalização da norma cabe à Vigilância Sanitária e a não observância das normas estabelecidas ocasionará multas.


Cálculo


Vantagens

  • • Não produz ruídos
  • • Funcionamento ininterrupto
  • • Não necessita de manutenção
  • • Não consome energia elétrica ou qualquer tipo de combustível.
  • • Não necessita de instalações especiais. Leve e de fácil instalação
  • • Pela concepção em sua construção é a prova de vazamento (chuva)
  • • Superior a outros sistemas de ventilação não forçada tais como: Shead, Lanternins, Chapéu Chinês, nos quais a exaustão natural não se processa em índices desejáveis.
  • • Sistema de rolamento totalmente interno e clausurado, não apresenta risco de travamento, risco comum em aparelhos com rolamentos externos.

Especificações


  • Especificação: Modelo 20
  • • Exaustor Eólico – modelo 20” c/ 515 mm (51,5 cm) de diâmetro de vazão (3500m³ de ar/hora) com:
  • • a. Globo giratório diâmetro de 760 mm composto de:
  • • disco em chapa galvanizada 0,50 mm
  • • 39 aletas em alumínio naval (liga 5182 dureza H48)
  • • eixo central em aço trefilado SAE 1020 12mm galvanizado
  • • parte principal do sistema de giro em perfis de alumínio 1” x 1/8 (liga 6060 T5) e cruzeta tubo quadrado em alumínio 1”
  • • 2 rolamentos 6201zz blindados e clausurados
  • • Base de fixação, duto e rufos em chapa galvanizada 0,50 mm com revestimento B
  • • Altura 550 mm
  • Especificação: Modelo 24
  • • Exaustor Eólico – modelo 24” c/ 610 mm (61 cm) de diâmetro de vazão (4000m³ de ar/hora) com:
  • • a. Globo giratório diâmetro de 900 mm composto de:
  • • disco em chapa galvanizada 0,50 mm
  • • 45 aletas em alumínio naval (liga 5182 dureza H48)
  • • eixo central em aço trefilado SAE 1020 12mm galvanizado
  • • parte principal do sistema de giro em perfis de alumínio 1” x 1/8 (liga 6060 T5) e cruzeta tubo quadrado em alumínio 1”
  • • 2 rolamentos 6201zz blindados e clausurados
  • • Base de fixação, duto e rufos em chapa galvanizada 0,50 mm com revestimento B
  • • Altura 640 mm
  • Especificação Modelo 30
  • • Exaustor Eólico – modelo 30” c/ 762 mm (76,2 cm) de diâmetro de vazão (6000m³ de ar/hora) com:
  • • a. Globo giratório diâmetro de 1060 mm composto de:
  • • disco em chapa galvanizada 0,50 mm
  • • 55 aletas em alumínio naval (liga 5182 dureza H48)
  • • eixo central em aço trefilado SAE 1020 12mm galvanizado
  • • parte principal do sistema de giro em perfis de alumínio 1 1/2 x 1/8 (liga 6060 T5) e tubo quadrado em alumínio 1”
  • • 2 rolamentos 6201zz blindados e clausurados
  • • Base de fixação, duto e rufos em chapa galvanizada 0,50 mm com revestimento B
  • • Altura 650 mm


R. Ana Ventura Nitão, 331 Osasco - SP - CEP 06290-040

Fone: 11 3603-6224 - Fone/Fax: 11 3687-5919

by contactonet